Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




27.04.10

Ainda o caso do iPhone...

A famosa história do Gizmodo e do iPhone 4G continua a dar que falar.

 

iPhone

 

Desta vez, as autoridades, que entretanto iniciaram a investigação, apreenderam o equipamento de Jason Chen, o responsável pelo famoso artigo em que o iPhone 4G era desvendado ao mundo.

 

Pessoalmente, parece-me que o Gizmodo e os seus responsáveis estão a pagar por aquilo que colheram. Pagaram 5.000 dólares para ficar na posse de um bem que eles já sabiam muito bem que consequências podia trazer, uma acção que é punida pela lei do estado da Califórnia. Mas para mim, o mais baixo foi mesmo quando o Gizmodo continuou a proteger o vendedor do iPhone (e bem, porque afinal dizem-se jornalistas), mas não teve qualquer pudor em divulgar a identidade e as fotos do proprietário do iPhone, engenheiro e developer da Apple, que tinha perdido o suposto protótipo num bar. Quando o fizeram, deve ter sido com o seu lado de bloggers e esqueceram a parte do jornalismo.

 

Em bom rigor, os elementos do Gizmodo são bloggers. Não terão carteira de jornalistas e se ocupam o lugar que ocupam foi pela credibilidade que ganharam aos longo dos anos. Eventualmente, a sua credibilidade pode ter ido pelo cano, numa única semana e custou-lhes 5.000 dólares. Terá valido mesmo a pena?

 

De certeza, que esta história, muito mal contada, terá ainda muito para nos oferecer e certamente que a discussão dos "Jornalistas vs Bloggers" terá ganho um novo ânimo.

 

Mas perguntarão vocês..."Se fosses o Gizmodo, o que farias perante alguém que tentava "vender-te" o próximo iPhone?"

 

A minha opinião é muito clara. Não comprava o iPhone e nunca lhe "pegaria", ao contrário do Gizmodo. Tirava nota de todas as features do novo iPhone e publicava tudo no Gizmodo. No fundo, foi o que fez o Engadget, que acabou por sair a bem desta história. Eventualmente pagaria à fonte para ter acesso ao iPhone, mas nunca ficando com a sua posse. No limite, tirava fotos com qualidade. Mais uma vez, garantia que nunca tinha ficado com a posse ou propriedade do protótipo.

 

Esta é também a posição do John Gruber que esteve no MacBreak Weekly desta semana, gravado hoje. Não estou completamente de acordo em relação ao pagamento e às fotos, mas seria sempre uma melhor opção do que aquela que foi tomada pelo Gizmodo.

 

Entretanto, vamos ficar à espera dos próximos episódios desta novela...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:




4 comentários

De tiagotex a 27.04.2010 às 22:21

Quanto a ter custado lhes ter costado 5000 dólares não é verdade, porque só nos dois dias a seguir, e apenas de publicidade do google, ganharam mais de 150 000 dólares !

Quanto à questão de pegar na história podemos ver o exemplo do engadget, que foi o primeiro site a quem tentaram vender o iPhone e eles recusaram...

De Phil a 27.04.2010 às 22:28

E recusaram muito bem! Achei que estiveram bem nesta história.

Quanto aos ganhos na publicidade...bom, talvez todo o processo lhes traga despesas com as quais eles não contavam e os 150.000 pode ser muito curto.

Enfim, acho que é cedo para saldar contas...o processo está longe de terminar.

De Miguel a 27.04.2010 às 22:42

Para mim a diferença é que eles compraram material roubado, de acordo com a lei da Califórnia, e não informação, se tivessem pago pelas fotos e por informação dada pelo ladrão acho que não haveria problema. Quanto a carteira de jornalista isso existe no US? são tão anti regulação que julgava que basta publicar algo online ou num jornal para se intitularem jornalistas.

De Phil a 27.04.2010 às 22:58

É precisamente essa a questão. Não pagaram pela informação, pagaram pelo material...(foi esse também o ponto abordado pelo John Gruber)

Quanto à carteira de jornalista...desconheço essa formalidade nos EUA, mas considerando a opinião que o Leo Laporte tem...eles gostam muito de fazer essa distinção...dos jornalistas, dos bloggers...e dos jornalistas que por acaso são bloggers, mas mantém a sua postura, porque são jornalistas.

Comentar post




Arquivo

  1. 2014
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2013
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2012
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2011
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2010
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2009
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2008
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ

Creative Commons License CC | 2008-2013 iPhil